Os Açores
Descubra as Nove Ilhas
Casas em São Jorge

São Jorge

São Jorge

São Jorge é uma imensa aguarela pintada com infinitos matizes de verde. Desde o verde pálido da relva que desponta àquele muito escuro dos arbustos que recobrem as ravinas mergulhando verticalmente no mar, é esta predominância de cor que faz o encanto da ilha, e convida a passear no interior de uma paisagem que mantém toda a sua beleza primitiva.
Mas a ilha de São Jorge tem muito mais para oferecer ao visitante: insólitas "fajãs" no fundo de altas arribas.
Interessantes exemplos de arte sacra açoriana, colchas realizadas repetindo padrões seculares e tecidas em teares manuais, o sabor autêntico do seu afamado queijo… tudo isso e mais para dias que ficarão na memória.



Galeria Fotográfica

 

Descrição geográfica

Ilha alongada, com 56 km de comprimento e apenas 8 km de largura máxima, São Jorge tem uma área de 246,25 km2 e está situada a 28º 33" de longitude Oeste e a 38º 24" de latitude Norte. Foi criada por sucessivas erupções vulcânicas em linha reta, de que restam numerosas crateras; a sua plataforma central tem uma altitude média de 700 m, com o ponto mais elevado a 1.053 m. A costa, escarpada e quase vertical, sobretudo a norte, é interrompida por pequenas superfícies planas costeiras: as "fajãs".


O que visitar

Fajãs
Locais de rara beleza, estendem-se pelos dois lados da ilha; em virtude do seu microclima tornaram-se locais extraordinariamente férteis. De salientar a Fajã da Caldeira de Santo Cristo, na Ribeira Seca, com uma gruta submarina e uma lagoa onde se criam deliciosas amêijoas.


O que fazer

Observação de cetáceos
Mergulho
Passeios de barco a motor e á vela
Pesca desportiva


Festividades

Festa do Espírito Santo
Festival de Julho
Semana Cultural